O Louco no tarô e o telefonema

A carta do Louco representa isso mesmo no tarô: esse risco de tentar algo novo, de se aventurar, de acreditar em novos caminhos. E quando um ciclo acaba, é natural que este seja o próximo estágio, de estar aberto para o novo e deixar a vida mostrar o caminho.

Há alguns anos, uma conhecida tinha terminado um relacionamento de quase dez anos. Estava se sentindo totalmente sem direção. Um dia resolveu andar na praia, pensar na vida, e pediu a Deus que lhe abrisse as portas. Enquanto rezava, resolveu que, naquele dia, iria prestar atenção à cada sinal que pudesse significar uma nova direção. Saiu da praia, andou pelas ruas da redondeza e viu o anúncio de um curso. Entendeu que, de alguma forma, aquele era um sinal.Tarodaro-Louco

Aquela simples ação desencadeou uma vida completamente nova: se inscreveu no curso, se interessou pelos serviços daquela organização, fez novos amigos e lá conheceu um homem, com quem se casou e teve dois filhos.

A carta do Louco representa isso mesmo no tarô: esse risco de tentar algo novo, de se aventurar, de acreditar em novos caminhos. E quando um ciclo acaba, é natural que este seja o próximo estágio, de estar aberto para o novo e deixar a vida mostrar o caminho.

Lembrei dessa amiga na semana passada, porque saí para comprar um tarô novo e, sem me programar, fui parar justamente numa palestra que tem a ver com este assunto: como se “reinventar”. A palestra era na loja esotérica e, quando fui dar uma espiada, uma mulher me chamou para assistí-la. Mesmo sem saber sobre o assunto da palestra, entrei, meio sem graça.

roda da fortuna_tarodaroUm ponto que me chamou a atenção foi que a palestrante contou que algumas vezes, quando não sabia que rumo tomar na vida, também fazia um tipo de “acordo com Deus”, mais ou menos assim: “Se eu ligar para esse contato que mora em outra cidade, e ele me der um emprego, é um sinal: tenho que mudar de cidade.” Ligou, não conseguiu diretamente o emprego, mas sim a dica de outra pessoa que precisava justamente de seus serviços. Resumindo: ela conseguiu o emprego e, como prometido para Deus, mudou de cidade. Assim, começou uma vida totalmente nova, e por meio deste novo emprego conheceu um homem com quem se relacionou por mais de uma década. Coincidência? Não! Era o sinal.

A vida pode nos surpreender com um caminho totalmente novo, basta estarmos abertos para isso. Como disse a palestrante: “Às vezes um telefonema já basta para mudar toda a vida!”telefone_tarodaro

Medo de tomar decisões: a visão do Tarô

Você está se sentindo com medo dar um passo a frente? Não sabe nem por onde começar? Está se sentindo perdido? A carta VIII de Espadas mostra esta indecisão. Como preceder então?

Para muitas pessoas as cartas do tarô parecem um grande mistério, uma confusão de símbolos que a “bruxa” na sua frente consegue desvendar. Não é verdade. Da mesma forma que a mitologia grega ajuda psicólogos a decifrar a personalidade de uma pessoa baseado no arquétipo que ela projeta, o tarô também trabalha com símbolos que expressam personalidades, ações e maneiras de ver o mundo.

Os arcanos seguem uma ordem lógica de evolução da vida, por exemplo, no caso da realização de um negócio: o Mago (carta I) tem uma grande idéia e quer dar iniciativa ao projeto, a Sacerdotisa (carta II) vai analisar esta idéia, vai fazer o “business plan”, a Imperatriz (carta III) vai desenvolver o projeto, vai ser a “project manager” e o Imperador (carta IV) vai concretizar o projeto, vai ver os resultados. Viu como faz sentido?

Tarot _8 of Swords

Os arcanos menores são ainda mais detalhados e podem mostrar o modo como as pessoas reagem e as coisas são feitas. Seguindo o exemplo anterior, você pode ter uma grande idéia, mas pode estar com medo de dar início ao projeto, não saber nem por onde começar, estar se sentindo perdido. A carta VIII de Espadas mostra este impedimento, esta indecisão.

A carta seguinte, que seria a tendência do que pode acontecer se você não fizer absolutamente nada e continuar agoniado e com medo de dar um passo a sua frente, é o IX de Espadas, que aponta uma preocupação muito grande, que pode tirar seu sono à noite. Em outras palavras, suas indecisões vão continuar fazendo você sofrer. E a maior explicação disso é que no seu inconsciente você sabe que ficar parado no mesmo lugar, sofrendo e remoendo as coisas não vai te levar à lugar nenhum.

Então o próximo arcano, o X de Espadas, vai mostrar esse caminho, significando que, por prior que possa parecer, talvez o melhor a fazer é a dar fim à uma situação, por mais doloroso que seja.tarot swords-9-10

Essa sequência se parece muito com a lição das cartas da Morte e da Torre, mas no caso da Morte, não falamos de medos nem indecisões, só que é melhor fazer uma mudança do que deixar que a mudança venha de surpresa sem que você tenha o controle da situação. A mudança da Morte pode ser positiva e sem sofrimento se for você quem quer que isso aconteça.

Aqui, no caso da sequência do VIII ao X de Espadas, dos arcanos menores, tudo é muito sofrido, essas cartas expressam muito medo e indecisão, mas no fundo é preciso reconhecer o final de um ciclo de vida e confiar que a vida vai abrir outro caminho.

Como diz o ditado… “Melhor um fim horroroso que um horror sem fim!”

Trago seu homem em 3 dias!

O curioso é que, quando o tarô fala que a pessoa vai se apaixonar, ela geralmente duvida.

Quando comecei este blog, recebi algumas críticas em relação ao nome “Tarô da Rô”. O que para mim parecia uma rima divertida, para alguns soava mais como “Tarô da Mãe Xoxô, trago seu homem de volta em 3 dias”. Aceitei as sugestões de colocar meu nome inteiro e a descrição de taróloga. O comentário fez mesmo sentido, porque uma coisa é magia, outra é oráculo.trago seu amor de volta

Pode ser que a magia traga mesmo seu amor mais rápido, mas o tarô, como oráculo, muitas vezes prevê que um novo amor chegará como parte de um novo ciclo, naturalmente, sem precisar passar o café na cueca do sujeito, ou escrever o nome do coitado num papel e depois colocar no congelador para conquistá-lo*.

Muita gente fica louca para que tenha uma boa notícia na área amorosa, mas às vezes o ciclo da pessoa indica uma fase de maior atenção para outras questões, como trabalho, dinheiro, estabilidade. Depois de resolvidas as prioridades da vida, o caminho fica mais livre para chegar alguém novo.

O curioso que tenho reparado é que, quando o tarô fala de cara que a pessoa vai se apaixonar, ela geralmente duvida. Foi um dos casos que atendi, em que a consulente estava num relacionamento que não levava a nada. Quando veio a previsão de um novo amor, ela disse: “Impossível! Estou com o fulano há sete anos e duvido que vai aparecer alguém novo”. E um ano depois voltou toda contente, contando como conheceu um novo “rei de copas” quando menos esperava e que estava totalmente apaixonada.

Outra cliente gramava há muito tempo num casamento que já tinha perdido o brilho há anos. Consultou o tarô de tempos em tempos, durante uns dois anos, para saber se podia se separar, mas o tarô durão não dava chance. Um dia, finalmente o céu se abriu para ela e foi dada a permissão oracular para a separação, indicando que logo iria conhecer um novo amor e entrar num relacionamento sério. E ela falou “Como assim? Já vou conhecer outro? Difícil…”. Dito e feito.star wars lovers

Mas essa questão de duvidar tem uma certa explicação. Às vezes a pessoa passa por tanta fase difícil, que quando vem uma notícia boa nem acredita. Me lembra até um filme do Woody Allen no qual a mulher vai numa cartomante que só fala coisas maravilhosas para ela. Desesperada, essa mesma mulher vai reclamar para Woody, que fala que em vez de cartomante ela precisava mesmo era de uma boa terapia, porque não conseguia acreditar de jeito nenhum que coisas boas estavam no seu horizonte.

Mas se é via tarô, magia ou simplesmente vida, o ponto é que não importa de onde venha o sinal de bons ventos. Quando vem, receba de coração. Porque não há melhor antídoto para esse mundo maluco que o amor – faz até aquele “Bom Dia Brasil” que te faz arrancar todos os cabelos já na hora do café ficar inofensivo.

* Meu blog acredita em direitos iguais entre homens e mulheres, sem preconceitos. Para fins práticos escrevi no masculino, mas entendam que todo mundo quer saber de todo mundo: homem de mulher, homem de homem, mulher de homem e mulher de mulher.

Tarô sem trauma

E foi numa dessas que me deparei com uma querida profissional da área da saúde que me perguntou “Então você é taróloga? Minha mãe também tira tarô.”

Tem gente que pensa que vida de taróloga é assim: de cinco em cinco minutos checando o tarô para confirmar pequenas coisas, ver o que vai acontecer, ou até mesmo substituir mãe no quesito “vai fazer frio? saio de casaco hoje?”. Housewives_Tarot_8Isto porque mãe já sai falando para levar o casaco, mesmo num verão insuportável (como o novo vagão do metrô hoje em dia parece mais um frigorífico, tenho que concordar que casaco é sempre uma boa).

Mas voltando ao assunto tarô e futilidades. Por incrível que pareça, várias pessoas próximas pedem para ler pequenas coisas (porque obviamente já fizeram uma Mandala completa), mas eu – e algumas tarólogas que conheço – quase nunca consultamos o tarô para si mesmas. Mais fácil se consultar com uma colega e ter uma previsão decente, do que abrir um jogo e interpretar loucamente o tarô de acordo com o que quero que aconteça.

Teve uma época que estava estudando para concursos públicos, e lá ia eu: “Vou passar nesta prova?”. Sempre dava uma resposta positiva. A essa altura do campeonato, pelo meu tarô eu já poderia estar assessorando o presidente. Mas isso quer dizer que não funciona? Claro que não! Quer dizer que quando você está emocionalmente ligado ao problema, melhor pedir para outro profissional responder sua pergunta. Como no caso de um cirurgião que não opera o próprio filho, mas pede a um outro colega muito bom para fazer a tal cirurgia.housewives-queen-of-wands.jpg

E você me pergunta: então você NUNCA checa nada com seu tarô? Sim, mas raramente. E é aí que começa nossa estória de hoje… Como meu blog é ainda um bebê de três meses, saio por aí fazendo uma certa propaganda com conhecidos e desconhecidos. E foi numa dessas que me deparei com uma querida profissional da área da saúde que me perguntou “Então você é taróloga? Minha mãe também tira tarô.”

Eu respondi: “Ah, é, que legal! Você deve perguntar tudo pra ela, né?” E veio a resposta… “Não! Nunca tirei tarô com ninguém. Você acredita que quando eu era garota e namorava, uma vez cheguei bem tarde em casa, para dar de cara com a minha mãe, bem brava, com o tarô na mão.

housewives-03043A mãe já estava sentada em frente à mesa da cozinha, esperando ela chegar. Quando ela pisou em casa, a mãe já estava embaralhando o tarô e num tom seco, só falou: “Senta aqui agora, e tira três cartas!”. A coitada sentou, puxou três cartas do baralho. A mãe fez o jogo, olhou com a cara bem feia e por fim disse: “Era só isso que eu queria saber!”. E passou dias sem falar com ela!

Eu perguntei se ela tinha mesmo aprontado, e com um sorriso alegre respondeu: “Claro que sim!”. Enfim, pensei que ela estava muito traumatizada, mas adorou a ideia de eu tirar uma mandala pra ela.

Tirei mais do que o jogo de mandala. Tirei um trauma!

Impeachment Caseiro

Como não poderia ignorar o que acontece hoje (em alguns países do mundo que conhecemos…) que enfrentam a possibilidade de seus presidentes tomarem um “rá-ré-rí-ró-rua!”, falemos um pouco de quando você pergunta ao tarô se é a hora de entrar com um processo de impeachment caseiro… mais conhecido como divórcio.

Como não poderia ignorar o que acontece hoje em alguns países do mundo que conhecemos, que enfrentam a possibilidade de seus presidentes tomarem um “rá-ré-rí-ró-rua!”, falemos um pouco de quando você pergunta ao tarô se é a hora de entrar com um processo de impeachment caseiro… mais conhecido como divórcio.morte

Como já mencionei anteriormente, o tarô analisa a fase da vida que você está passando e suas tendências. Você pode perguntar se suas escolhas e decisões serão acertadas para aquele determinado momento e ter uma orientação bem direta, ou o tarô pode mostrar um outro lado da moeda que você não está conseguindo ver.

Em certa fase da vida, pode ser que seu céu esteja aberto para novos amores. Em outro período, pode levar ao compromisso e finalmente a um casamento. Mas, uma vez que você casa e convive com o outro, muita coisa muda: você e o outro, principalmente. E parte da análise de um jogo de tarô vai te mostrar se o tempo é certo para balançar as estruturas de sua vida.

Klimt LoversAcontece que, muitas vezes, em vez de correr para a separação, é mais importante se estruturar financeiramente. Você continua casado(a), investe no seu trabalho, ganha dinheiro ou pelo menos começa a ter independência financeira para, só depois, entrar numa outra fase em que você poderá fazer a escolha de se divorciar. Só o fato de investir num trabalho e ganhar dinheiro pode levantar sua auto-estima, que estava faltando, e te trazer mais força, até mesmo para reavaliar sua situação e ver se ainda vale a pena quebrar seu “elo de amor”. Talvez você se anime, saia mais de casa, e, por agora ter uma fonte de renda, não seja mais um peso para o outro. Isso cria menos conflito, menos pressão, podendo resultar numa reaproximação.

Outras vezes, o tempo divino ainda está cozinhando sua idéia, que vai mesmo acontecer, só que, por exemplo, um ano depois. Talvez você se separe e emende em um novo amor. A espera é sempre difícil quando você já perdeu todo vínculo emocional, mas tem que continuar vivendo na mesma casa por um tempo. Neste caso, o melhor seria tentar entender qual o aprendizado da espera. De alguma forma, o tempo de maturação trará alguma clareza que você não tinha antes. E quando a hora de realmente pisar o pé no acelerador e assinar os papéis (ou somente separar os trapinhos), você poderá olhar para trás e entender o porquê que a vida te fez esperar.

Three Gustav Klimt

Um caso bem diferente acontece quando o motivo de uma separação é a desconfiança de uma traição. Você pergunta ao tarô: “Estou sendo traído(a)?”e, ao analisar o período que se aproxima, o tarô te pergunta: “como anda seu relacionamento com você mesmo?” e te responde que em vez de pensar em traição e separação, seu foco deve ser investir em você mesmo. Você pensa, “Como assim?”poderosa

“Assim porque” a maior traição é a de não gostar de si próprio, de não se respeitar, quando o divórcio acontece no casamento entre quem você realmente é e como está vivendo sua própria vida. Você se separou da sua própria essência e agora paga um preço muito alto por isso.

Ao voltar a escutar seu próprio coração, sua própria intuição, talvez o mundo ao seu redor continue o mesmo, mas você não vai precisar mudar nada porque seu olhar mudou. Você está mais feliz por dentro. E isso vai mudar tudo a sua volta, naturalmente, para melhor.

Caderninho digital

Um amigo escreveu no Facebook: “Só aqui mesmo que um ano horroroso parece ter sido um espetáculo!”. Como taróloga, acho bem interessante a diferença entre o que uma pessoa posta e sua realidade.

Um dia, um amigo escreveu no Facebook: “Só aqui mesmo que um ano horroroso parece ter sido um espetáculo!”. four of cupsQuando entramos em qualquer mídia social, notamos que muitos se mostram lindos e “felizes para sempre”. Como taróloga, é muito interessante ver que, por exemplo, a mesma pessoa que está tentando se separar, posta uma foto com o parceiro no dia do aniversário de casamento, celebrando com copos de champagne.

Outras pessoas, em momentos difíceis, se mostram em festas maravilhosas, como se a vida fosse sempre flores. Depois, elas vêm se consultar comigo contando uma história bem diferente. Ao mesmo tempo, muita gente reclama que essas mídias sociais são um antro de inveja, uma porta para a esnobação de grandes viagens, restaurantes caros e uma vida “jet-set” que nem sempre corresponde à realidade.

Mas que tal mudar esse olhar? Agora, sua mídia social passa a ser uma lista de gratidão para você mesmo e não um meio de comparação com os outros. Agora, seu Facebook te força a olhar seus melhores momentos, sua família, seu parceiro,… fazendo você repensar que é isso mesmo: a vida é feita de altos e baixos.

ten of cupsMelhor registrar os altos num Instagram, para quando estivermos por baixo, termos lindas viagens, bons amigos e celebrações para recordar e reanimar o espírito.

Melhor registrar uma festa no Facebook, para receber curtidas de amigos que estão longe mas ainda têm carinho por você, por mais que não tenham tempo de ligar.

Melhor dar um “Feliz Aniversário” virtual para aquela pessoa que você não é tão próximo, mas que mesmo assim, só aquela mensagenzinha, já traz um sorriso num dia tão especial para ela.

Por esse novo ângulo, se hoje você está triste, relembre sua própria linha do tempo e reveja suas fotos postadas. Levante a cabeça, tome um banho bem refrescante, se perfume, se embeleze, tire mais uma selfie… e poste!

… agora no seu “Caderninho Digital de Gratidão”.

Tarô muy amigo

No final de uma consulta, uma cliente queria saber se voltaria a falar com a amiga, porque tinham brigado.

No final de uma consulta, uma cliente, Telma*, queria saber se voltaria a falar com a amiga Vivian*, porque tinham brigado. As duas eram vizinhas, iam pra lá e pra cá juntas, do tipo “supergêmeas ativar!”**. Uma até tinha ajudado a outra a achar um apartamento no mesmo prédio.

Depois de um tempo, uma antiga colega de trabalho de Vivian decidiu voltar a morar no Rio. A solução mais prática que acharam foi que Naíra* alugaria um quarto de seu apê, assim enquanto ela ganhava um dinheirinho, a outsider teria um canto na Cidade Maravilhosa. A dupla virou trio. Telma, Vivian e Naíra ficaram inseparáveis, pero no mucho

Telma, no fundo, ressentia um pouco que as outras duas ficavam juntas mais tempo. Mas é claro, rachando um apartamento, a convivência é quase de irmãs. Mas ela também tinha sua própria vida, e numa bela noite, marcou uma reunião com amigos do trabalho.

Cerveja vai, cerveja vem, e o barulho das risadas ficou mais alto, ao ponto das vizinhas Vivian e Naíra notarem que havia movimento no apê de Telma. Ligaram para ela, que, ocupada com os amigos, não atendeu. Tentaram mais uma vez, e nada. As hermanas ficaram intrigadas: como podia, tanto auê, e Telma não estar lá? Será que alguém tinha entrado no apartamento da amiga?? Será que amiga estava em apuros? E decidiram agir rápido.

Tocaram a campainha, e para a surpresa de Telma, as vizinhas estavam com dois facões na mão, prontas para proteger a amiga de todo mal. Foi uma situação bem esquisita. Os colegas de trabalho de Telma acharam aquilo surreal. As vizinhas ficaram sem graça e um pouco constrangidas de não terem sido convidadas para a festa. E Telma ficou bem brava, achando ridícula a atitude das amigas, culpando-as de um certo ciúmes por terem sido deixadas de fora do agito. Resultado: pararam de se falar. Um constrangimento total na portaria, no elevador e no mercado da esquina quando se encontravam.

E voltando para nossa pergunta, o tarô mostrou a estória direitinho… só que o lado de Vivian, que tinha realmente achado que alguém estranho entrara no apartamento de Telma e foi lá, com toda coragem, ajudar a amiga. Pior, sentiu que seu esforço não valera a pena, e ficou revoltada, achando que Telma fora totalmente blazé, e não merecia mais sua amizade. Telma tinha que entender que Vivian realmente tentara ajudá-la.

“Que cara é essa?” eu disse, “não falei que vocês vão voltar a ser amigas? Você vai ficar feliz da vida.” Telma olhava as cartas do tarô com uma tromba, preocupada que seria ela quem teria que dar o primeiro passo e voltar a falar com as amigas.

3-of-cupsToda estória tem dois lados, mas quando você pede um conselho do tarô, tem que saber que não necessariamente a verdade será a sua. E o pior, pode ser que o oráculo mande você fazer algo que não esteja preparada, como ligar para o outro e cantar “I just called… to say… I’m sorry!” Mas no final, os dois times vencem. A humildade de pedir desculpas vale a pena. Uma boa amizade pode durar por uma eternidade, mas temos que saber lidar com os períodos de altos e baixos.

E o que aconteceu com essas figuras, vocês me perguntam? Claaaro que estão felizes da vida saindo juntas, e com certeza já têm uma programação intensa para esse Carnaval!

* Os nomes foram trocados para preservar a identidade das envolvidas.

** Pra você, que não entendeu, “supergêmeos ativar!” se refere aos Supergêmeos, um casal de irmãos gêmeos alienígenas (do desenho animado “Superamigos”) que podem “ativar” ou “desativar” seus poderes quando juntam as mãos.