Antes de eu morrer

Você está lá na sala de fisioterapia, aquela mistura de massagem e relaxamento (só que não… porque está ferrado e com dor) e ouve a seguinte pérola do vizinho da maca ao lado: “Eu só peço a Deus uma coisa: que antes de eu morrer eu veja um espírito e um ET!”.

Na semana passada houve um zum zum zum porque a NASA anunciou a descoberta de 7 planetas parecidos com a Terra, todos com potencial de ter vida. Que ingenuidade (ou mesmo arrogância) acharmos que somos os únicos no Universo. É como se formiguinhas num formigueiro da Floresta Amazônica passassem o dia debatendo se são as únicas espécies de toda floresta ou não.ant-holding-world-224x300

Não, amigas formigas, segundo especialistas, existem aproximadamente 2 milhões de diferentes espécies na fauna desta floresta, incluindo mais de 1.300 espécies de pássaros e 300 mamíferos. Isso só na Amazônia. E também não, meus irmãos terráqueos. Temos 8 planetas no Sistema Solar e estima-se que a nossa galáxia, a Via Láctea, tenha de 100 a 400 bilhões de estrelas. E astrônomos, hoje em dia, com a ajuda do telescópio espacial Hubble, estimam a bagatela de 2 trilhões de galáxias no Universo.

Supondo então que cada uma dessas galáxias tenha pelo menos 100 bilhões de sistemas solares e que cada um deles tenha, pelo menos 1 planeta… É uma questão matemática. Fazendo a conta no guardanapo do bar, depois de 2 cervejas:

1 planeta x 100 bilhões de estrelas x 2 trilhões de galáxias = sério que você ainda acha que somos os únicos, os mais espertos, os mais adiantados, os “picas das galáxias”?

Mar Celeste.jpg

E quanto aos espíritos, acredito que existam aquelas pessoas que já nascem com a capacidade de vê-los, como o garotinho do “Sexto Sentido”, mas se não nasceram numa família de médiuns, isso pode tocar o terror nas criancinhas. Outras pessoas não conseguem ver nada além do mundo da matéria, mas, à medida que desenvolvem sua espiritualidade, aos poucos começam a sentir essa outra dimensão, e, com muito mérito, podem até ter o véu de Maia (ilusão) retirado, para ter acesso a esse outro mundo.

Parte da literatura esotérica, como o livro “Budismo Esotérico” explora a possibilidade de planetas materiais e planetas etéreos. Já imaginou que quando um ET morre ele também vira espírito?

Então, caro vizinho de maca, tomara que Deus realize seu pedido, mas tomara também que isso não seja a sua causa mortis: susto. Você finalmente vê um espírito e um ET, mas como não está preparado para isso, toma um susto e morre do coração.around-her-chagall

Um coisa é certa: um indivíduo que faz esse tipo de comentário certamente está preparado. Acho mais que sua causa mortis seria felicidade, gratidão e deslumbramento. Felicidade de finalmente ver que não estamos sozinhos, de ver que a vida continua, mesmo em outros planos. Gratidão por termos espíritos nos protegendo e querendo nosso bem.  E deslumbramento por descobrir que, de repente, como no filme “A chegada”, tem ET ajudando a Terra a passar por esse período tão instável.

Quem bom!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s